Pessoal, dois shows imperdíveis na mesma noite no Teatro de Arena. Abaixo o serviço dos shows, elaborado pela divulgação dos mesmos.

Saudações musicais!

24 DE ABRIL 20H 2 SHOWS TEATRO DE ARENA VANESSA LONGONI & TERRATRÔNIX EM REALIDADE PARALELA E RICHARD SERRARIA EM VILA BRASIL

SOBRE REALIDADE PARALELA

Universos paralelos, música em comum

Poliana Pasa

Se na ilha de Lost há um urso polar em meio à vegetação tropical, na Realidade Paralela há folclore hindu com guitarras pop e U2 com sotaque gaúcho. Porém, ao contrário da série de TV, não há mistério algum na história da banda. A música da cantora Vanessa Longoni e do trio Terratrônix é simplesmente um encontro de talentos. Quatro carreiras de sucesso se complementam para o bem geral dos ouvidos. Não, eles não são um grupo de super-heróis. Mas bem que desejam dominar o mundo.

De fato, o enredo de Realidade Paralela está mais para ação do que para suspense. Desde novembro do ano passado, quando fizeram o primeiro show juntos, na Feira do Livro de Porto Alegre, o quarteto tem estado bastante ocupado. Já passaram por sessões de gravação e por mais alguns espetáculos. Uma das canções registradas com as guitarras de Marcelo Corsetti, a bateria de Luke Faro e os violões de Ângelo Primon é a estréia de Vanessa Longoni na composição. Uma parceria com o também cantor Richard Serraria, Perfume, pente, pensamento é uma canção doce com requintes de bossa nova.

O repertório do grupo traz ainda nomes como Lenine, Pedro Luís e a Parede, Vitor Ramil, Jorge Drexler e Edu Lobo. Para completar, eles colocaram o ritmo dos blocos de afoxé no clássico hippie Aquarius. E aí não há nada de experimentalismo barato. Se as invenções de Vanessa e Terratrônix têm algum segredo, a chave está na cumplicidade e na afinidade musical – algo natural quando se trabalha entre amigos. Mas o nível de entrosamento desses artistas não cabe em descrições. O que se passa nesta Realidade Paralela só quem ouve pode saber.

SOBRE VILA BRASIL

VILA BRASIL apresenta o trabalho autoral de Richard Serraria que, após 12 anos e quatro Prêmios Açorianos com a Bataclã FC, Richard investe num trabalho acústico em que mistura a música brasileira com referenciais do pampa e ares eletrônicos, Um ponto de encontro da MPB com a MPP (Música Popular do Pampa), local em que se
cruzam a gaita, a viola de 10, tamborim, cavaco, maracanã, repinique,
bumbo legüero, alfaias de maracatu e sopapo com a original poesia de
Serraria, universal e ao mesmo tempo com cheiro do asfalto porto
alegrense. Síntese do orgânico com o tecnológico, um bate papo com sopapo em
forma de canção: Vila Brasil. No palco, Ângelo Primon (Violão de 6 e 7 cordas, viola de 10, percussão e vocais), Marcelo Corsetti (Guitarras, efeitos, chocalho e lap top), Mateus Kleber (Gaita, chocalho e agogô), Lucas Kinoshita (Percuteria) e Richard Serraria (violão de 6 nylon, voz e poesias).

INGRESSOS:

R$10,00
50% desconto para estudantes, classe artística, idosos, SINPRO e participantes da Festipoa
70% desconto para pontos de cultura e Associação Software Livre

E mais, os cds estarão à venda no “CDLÓDROMO”. CDS dos músicos presentes vendidos por 5,OO E 10,00!!!!

Créditos: Lusiane Martinez
Créditos: Lusiane Martinez
Anúncios