Buenas, na finaleira do Dia Internacional do Rock (13/07) decidi fazer uma “genealogia” mais intimista sobre o assunto, já que comentários mais especializados sobre o Rock pulularam (eita nóis, hein mãe?) durante toda a semana. Além disso, a data não podia passar em branco por aqui, ainda mais neste momento no qual eu e meu amigo Alexandre Maccari não providenciamos nenhum post no quase natimorto EncarteN’Roll (para quem não sabe, um possível blog em parceria que trate de Rock e afins).

O palco do R.E.M. no Zequinha Stadium (Photo by Maccari, eu sou o sujeito de branco abaixo à esquerda, com a proto careca à mostra)
O palco do R.E.M. no Zequinha Stadium (Photo by Maccari, eu sou o sujeito de branco abaixo à esquerda, com a proto careca à mostra)

Pois bem, resolvi postar 13 vídeos (13 por causa do dia 13!) de músicas de bandas de Rock que marcaram profundamente minha audição musical do estilo. Para a escolha, levei em conta critérios absolutamente subjetivos, selecionando canções marcantes em minha trajetória, por isso não me venham cobrar ausência de ninguém, principalmente porque já aviso de antemão a exclusão de Elvis Presley, Beatles e Rolling Stones dessa lista.

Sobre os vídeos:

1) começo com Australian Crawl e a belíssima Reckless, que foi a primeria música que me lembro de ter gostado. Aliás, gosto muito da surf music, daquele pessoal todo incluindo Midnight Oil e Spy vs. Spy.

2) R.E.M. com Orange crush, banda que mais gosto de escutar e que tive a oportunidade incrível de assistí-los ao vivo ano passado aqui em Porto Alegre. No vídeo uma demonstração da perfomance ao vivo dos caras, numa música que é perfeita para um show.

3) U2 e a brilhante The ground beneath her feet, com letra de Salman Rushdie e trilha do filme The Million Dolar Hotel do Win Wenders (eita nóis, hein mãe? 2). E não podia faltar nada dos irlandeses que sempre escutei muito.

4) Pearl Jam e sua ácida Do the evolution, uma das melhores letras do rock e uma banda mais do que excelente.

5) Radiohead é simplesmente fantástico e intereferiu sobremaneira na minha relaçaõ com a música nos últimos anos. Lamento não ter conseguido ver um show deles ainda. Aqui vamos de Street spirit (fade out).

6) Confesso: gosto do Oasis e para mim The importance of being idle é primorosa!

7) Neil Young, Harvest moon: sem comentários, apenas um aceno ao amigo Maccari.

8 ) Pavement e sua conhecida Spit on a stranger. Gosto muito da cena indie e Pavement para mim foi uma das melhores expressões dela.

9) The Velvet Underground: indispensável para quem quer conhecer o Rock. Sunday morning é graciosa diga-se de passagem.

10) Nico: a companheira famosa do Velvet Underground numa canção do álbum em parceria. All tomorrows parties.

11) Roy Orbinson: para mim a melhor voz do Rock! California blue é de chorar!

12) Coldplay: ouço muito e o clipe de Life in technicolor II é bem bacana.

13) The Raconteurs: a “outra” banda de Jack White que, na minha opinião, lançou um dos melhores álbuns de rock ano passado, o Consolers of the lonely. Finalizo a lista com Carolina Drama.

Então era isso! Espero que os menos puristas tenham gostado!

Saudações musicais!

Anúncios