tem os que passam
e tudo se passa
com passos já passados

tem os que partem
da pedra ao vidro
deixam tudo partido

e tem, ainda bem,
os que deixam
a vaga impressão
de ter ficado

(Alice Ruiz)

As expressões mais recentes da canção brasileira demonstram uma sintonia bastante qualificada e eficaz entre músicos e letristas. Preocupado em comentar sobre esse tema, este blog quase sempre concentrou seus comentários nos músicos, nos intérpretes, deixando de lado muitas vezes a importantíssima contribuição dos poetas para a música brasileira contemporânea.

Para minhas preferências, uma das melhores poetas da música brasileira hoje é, sem dúvida, a curitibana Alice Ruiz. Já tendo publicado cerca de 15 livros de poesia, Alice foi casada com outro excelente poeta, Paulo Leminski, e estabeleceu ao longo dos anos parcerias fantásticas com muitos músicos brasileiros. Entre eles: Itamar Assumpção, Chico César, Zeca Baleiro, Ceumar, Arnaldo Antunes, Zélia Duncan, Ná Ozzetti, entre outros.

Alice Ruiz
Alice Ruiz

Por muito tempo, conferindo os álbuns desses artistas, dos quais gosto muito, sempre estava presente alguma contribuição poderosa da poesia de Alice. No entanto, grande surpresa tive quando, nesta semana, entrei em contato com um álbum no qual Alice Ruiz faz parceria com a cantora Alzira Espíndola, em canções e poemas recitados. O álbum, intitulado Paralelas (2005) foi produzido por Zélia Duncan, que participou de algumas faixas também.

Paralelas (2005)
Paralelas (2005)

Nas músicas está presente uma das qualidades que mais admiro em Alice, o tratamento de temas amorosos e existenciais com uma ótica feminina, mas de uma maneira não determinista, podendo mesmo as emoções contidas nas suas poesias serem sentidas tanto por  homens como por  mulheres, desde que sensíveis o bastante para se entregar simultaneamente à satisfação de seus desejos e à compreensão do outro.

Para entrarem em contato com o trabalho e a arte dessa grande poeta, adquiram seus livros, entrem no seu site AQUI e escutem as músicas com a letra dela. O download do álbum Paralelas pode ser feito AQUI e abaixo deixo alguns vídeos como prova: É só começar do álbum Paralelas (com Alzira Espíndola e Zélia Duncan), Avesso (com Ceumar, do álbum Sempre Viva), Socorro (com Arnaldo Antunes, do álbum Ao Vivo no Estúdio) e Quase nada (com Zeca Baleiro, do álbum Líricas). Aproveitem tudo isso, por favor!

Saudações musicais!

Anúncios