Dando continuidade à apresentação do nosso cardápio musical do álbum Realidade Paralela, de Vanessa Longoni, Luke Faro, Angelo Primon e Marcelo Corsetti, mostramos dois vídeos com a interpretação da canção Gírias do Norte (Jacinto Silva/Onildo Almeida).

No primeiro, a performance de Ceumar, que gravou esse divertido côco de embolada no seu álbum Dindinha (2000). Aliás, apesar da música ter ficado bastante conhecida com Xangai, foi apenas com a cantora mineira que a ouvi pela primeria vez. E no segundo vídeo, é claro, consta a interpretação acelerada e empolgante da música pelo four de ases do Realidade Paralela. Antes disso tudo, ainda, reproduzo a letra da música, para facilitar o acompanhamento do prato musical de hoje.

Saudações musicais!

Gírias do Norte
(Jacinto Silva/Onildo Almeida-1977)

O zé do brejo quando se casariô
ele me convidariô
pra uma quadrilha eu marcariá
marcariei uma quadrilha ritmada
fomo até de madrugada
todo mundo cum seu pariá

alavantú, chã de dama, anarrariê
cantei coco pra valer
e todo mundo cum seu pariá

brincariei fui na festa de
casamento
da filha de pedro bento
na fazenda caiucariá
o zé do brejo noivo muito animado
logo depois de casado me pediu para cantariá

me perguntaro
porque é que eu canto assim
eu então lhe respondi
que a minha língua não dariá
esse negócio de dizer
alavantú, chã de dama, anarriê
posso me atrapalhariá

Anúncios