Na postagem de hoje, o Música Esparsa, em colaboração com o excelente site Caixinha de Música, divulga a série de shows que acontece no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro e que integram a programação do Almanaque do Samba-Jazz, de 23 de fevereiro a 30 de março.

O site Caixinha de Música, idealizado por Monica Ramalho e Lia Baron, tem se mostrado um ótimo espaço virtual para a apreciação da cena musical brasileira e mundial nos seus diferentes aspectos e com uma abordagem sempre instigante e qualificada, praticada tanto pelas duas jornalistas quanto por seus colaboradores.

Portanto, aproveitem a oportunidade e visitem a Caixinha e, quem estiver no Rio de Janeiro, vá prestigiar o Almanaque do Samba-Jazz.

Saudações musicais!

ALMANAQUE DO SAMBA-JAZZ

SÉRIE CELEBRA 50 ANOS DA MÚSICA INSTRUMENTAL BRASILEIRA MODERNA NO CCBB ENTRE 23 DE FEVEREIRO E 30 DE MARÇO

O gênero instrumental que embalou a bossa nova e consolidou a música brasileira moderna é celebrado, cinquenta anos depois, na série Almanaque do Samba-Jazz, que o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (CCBB-Rio) apresenta, em seu Teatro II, de 23 de fevereiro a 30 de março. Idealizada pelo produtor e radialista Edison Viana, a programação de seis shows devolve o samba-jazz ao encontro do público brasileiro promovendo encontros entre protagonistas desta história nos anos 60 e artistas que a renovam nos anos 2000.

João Donato é o convidado da estreia, recebido pelos Copa 5 – o conjunto que acompanhava o saxofonista J. T. Meirelles, um dos pioneiros do gênero, falecido em 2008 e homenageado neste primeiro encontro. Na segunda semana, o quinteto de Hamleto Stamato recebe o trombonista Raul de Souza. Henrique Band apresenta o terceiro show com seu hepteto e a participação especial de Antonio Adolfo. Paulo Moura é o convidado do trio liderado pelo jovem pianista David Feldman na quarta semana da série. O penúltimo encontro reúne o gaitista Mauricio Einhorn e o Sambajazz Trio, formado por Kiko Continentino ao piano, Luiz Alves ao contrabaixo e Clauton “Neguinho” Sales em inusitada combinação de trompete e bateria. E o espetáculo que encerra a série é conduzido pela Almanaque Samba-Jazz Band, criada especialmente para o projeto, tendo o saxofonista argentino Hector Costita como convidado especial do quarteto formado pelo pianista Rafael Vernet, o contrabaixista Guto Wirtti, o baterista Rafael Barata e Eduardo Neves nos sopros.

João Donato

Os shows acontecem às terças-feiras, em dois horários: ao meio-dia e meia e às sete da noite. Com ingressos a preços populares (R$ 6), a série relembra como o samba-jazz uniu a sofisticação do jazz a elementos do samba na criação de uma sonoridade brasileira, rica harmonicamente, rítmica na essência e vibrante na execução. “Com este Almanaque ao vivo espero que se compensem em parte o esquecimento do samba-jazz na memória da música brasileira e a atual indisponibilidade dos fonogramas gravados por estes músicos nos anos 60, a maioria fora de catálogo, o que torna difícil o acesso e acaba dando a falsa impressão que este som é elitista”, explica Edison Viana.

Copa 5

A vigorosa sonoridade dos temas, a criatividade dos arranjos e a inventividade dos improvisos são ingredientes garantidos nos espetáculos, cujo repertório foi selecionado a partir da discografia de samba-jazz. Dezenas de clássicos do gênero, como “Quintessência” (J. T. Meirelles), “Nanã” (Moacir Santos) e “Embalo” (Tenório Jr.) serão apresentados ao lado de standards da bossa nova em versões instrumentais – outra marca-registrada do samba-jazz – e de composições feitas pelos artistas participantes na última década. O repertório homenageia também outros instrumentistas falecidos, como os bateristas Edison Machado, Dom Um Romão e Milton Banana, os pianistas Luiz Carlos Vinhas e Luiz Eça, os contrabaixistas Tião Neto, Manoel Gusmão, Zezinho Alves e Luiz Chaves, o saxofonista Vitor Assis Brasil e o trombonista Edson Maciel.

“A música dos mestres e dos novos talentos reunidos no CCBB é que conta melhor esta história. É emocionante ver septuagenários ainda em atividade, tocando com igual entusiasmo meio século depois, e assistí-los ao lado de artistas que têm carreiras mais recentes e procuram dar continuidade àquele som vibrante”, conta Edison Viana, explicando a ideia contida no título da série de shows: “É um Almanaque porque observa o passado mas, diferentemente de uma peça de museu ou uma página de enciclopédia, apresenta a arte de um modo informal, leve e tão divertido como é ouvir esta música. Quero mostrar que o som do samba-jazz é vivo e atual, e que seu lugar é o presente”.

PROGRAMAÇÃO

COPA 5
JOÃO DONATO
23 fevereiro
FERNANDO MERLINO piano
ADRIANO GIFFONI contrabaixo
KLEBERSON CAETANO bateria
JULINHO MERLINO saxofone, flauta
JOSÉ ARIMATÉA trompete
Convidado especial: JOÃO DONATO piano

ROTEIRO de 23 fevereiro
“Quintessência” (J. T. Meirelles)
“Solo” (J. T. Meirelles)
“Mas que nada” (Jorge Ben)
“Blue Bottle´s (J. T. Meirelles)
“Aboio” (J. T. Meirelles)
“Nordeste” (J. T. Meirelles)
“Minha saudade” (João Donato e João Gilberto)
“Noa… Noa…” (Sergio Mendes)
“Sambolero” (João Donato e Carmen Costa)
“Muito à vontade” (João Donato)
“Pinta la” (J. T. Meirelles)
“Diz que fui por aí” (Hortensio Rocha e Zé Keti)
“O novo som” (J. T. Meirelles)
“Neurótico” (J. T. Meirelles)
“Índio perdido” (João Donato)

PRÓXIMOS SHOWS

HAMLETO STAMATO
RAUL DE SOUZA
2 março
HAMLETO STAMATO piano
NEY CONCEIÇÃO contrabaixo
ERIVELTON SILVA bateria
WIDOR SANTIAGO saxofone
PAULINHO TROMPETE trompete
Convidado especial: RAUL DE SOUZA trombone

HENRIQUE BAND
ANTONIO ADOLFO
9 março
HENRIQUE BAND saxofone, flauta
MARCIO ANDRE trompete
GILMAR FERREIRA trombone
ADRIANO SOUZA teclados
PEDRO AUNE contrabaixo
CASSIUS THEPERSON bateria
MAFRAM DO MARACANÃ percussão
Convidado especial: ANTONIO ADOLFO piano

DAVID FELDMAN
PAULO MOURA
16 março
DAVID FELDMAN piano
SERGIO BARROZO NETTO contrabaixo
MARCIO BAHIA bateria
Convidado especial: PAULO MOURA clarinete

SAMBAJAZZ TRIO
MAURICIO EINHORN
23 março
KIKO CONTINENTINO piano
LUIS ALVES contrabaixo
CLAUTON “NEGUINHO” SALLES bateria, trompete
Convidado especial: MAURÍCIO EINHORN gaita

ALMANAQUE SAMBA-JAZZ BAND
HECTOR COSTITA
30 março
RAFAEL VERNET piano
EDUARDO NEVES saxofone, flauta
GUTO WIRTTI contrabaixo
RAFAEL BARATA bateria
Convidado especial: HECTOR COSTITA saxofone

Curadoria e direção geral EDISON VIANA TEIXEIRA

Produção ELABORAR PROJETOS E PRODUÇÕES CULTURAIS

SERVIÇO

QUANDO: 23 de fevereiro e dias 2, 9, 16, 23 e 30 de março de 2010
ONDE: Teatro II do Centro Cultural Banco do Brasil – Rua Primeiro de Março, 66, Centro do Rio de Janeiro. Informações pelo telefone: (21) 3808.2020
QUANTO: R$ 6, com meia-entrada (R$ 3) para estudantes e maiores de 65 anos

Assessoria de Imprensa do Almanaque do Samba-Jazz

Monica Ramalho – (21) 9163.0840 / 2556.7897

moniramalho@gmail.com

www.monicaramalho.com.br

Assessoria de Imprensa do CCBB Rio de Janeiro

Sueli Voltarelli – (21) 3808.2323

svoltarelli@bb.com.br

http://www.bb.com.br

Anúncios