Gisele De Santi (créditos: Alesi Ditadi)
Gisele De Santi (créditos: Alesi Ditadi)

Em março, publiquei aqui no blog uma entrevista com o acordeonista gaúcho Matheus Kleber. Na ocasião, comentando sobre a geração mais recente da cena musical porto-alegrense, o instrumentista destacou o nome da cantora Gisele De Santi como uma das promessas da música da capital gaúcha. E não teve erro!

Nas últimas semanas, chegou às lojas o álbum de estréia homônimo da cantora e compositora Gisele De Santi, financiado pelo FUMPROARTE , produzido por Gilberto Ribeiro Jr., co-produzido por Gisele e Fabricio Gambogi e pós-produzido por Leo Bracht. São 12 faixas que apresentam a voz encantadora da intérprete acompanhada de ótimos arranjos que passeiam por jazz, bossa nova, samba-rock, blues e chamamé.

Todas as músicas foram compostas pela própria Gisele, que estabeleceu parcerias em apenas duas: Chama-me (com Fabricio Gambogi) e Por Aqui (com Moisés Westphalen). Em síntese, o que se vê é um trabalho autoral sólido e diversificado, que ganha nuances inesperadas e intensas com a interpretação inconfundível da artista.

Não bastasse isso, um conjunto muito qualificado de instrumentistas garantem a rica sonoridade do álbum: Vagner Cunha (violinos e viola), Carlos D’Elia (baixo), Alexandre Diel (violoncelo), Alexandre Vianna (piano), Diego Silveira (bateria), Fernando Sessé (percussão), Fabricio Gambogi (violão e guitarra), Gilberto Ribeiro Jr. (guitarra), Leonardo Boff (piano Rhodes), Milene Alverti (violoncelo), Rodrigo Siervo (sax tenor), Tuzinho Trompete (trompete), Huberto “Boquinha” (trombone), entre outros.

Além disso, são ótimas as participações de Marcelo Delacroix na excelente Entenda (no vídeo abaixo), fazendo um dueto maravilhoso com Gisele; de Mateus Mapa (no vocal e na flauta) em quatro músicas, com especial destaque para a empolgante Quinhão; de Julio “Chumbinho” Herrlein (guitarra) na ótima Disco Duplo e de Clovis Boca Freire (baixo acústico) e Matheus Kleber (acordeon) na extasiante Por Aqui, que proporciona uma atmosfera sonora incrível. Todos estes destaques, mais E Eu? e Morena Branca já são hits aqui em casa.

Com este conjunto de qualidades, o primeiro álbum de Gisele De Santi enriquece ainda mais a cena musical porto-alegrense, dotada de ótimas cantoras e/ou compositoras como Vanessa Longoni, Adriana Deffenti, Karine da Cunha, Renata Adegas, Andréa Cavalheiro, Ana Krüger, entre outras. E, assim como estas citadas, a arte de Gisele merece, no mínimo, um reconhecimento nacional.

Quem quiser conferir mais detalhadamente tudo isso que acabo de escrever é só acessar o Site e o MySpace da cantora e ouvir as canções. Além disso, o cd está à venda na Livraria Cultura, local onde no dia 10 de julho Gisele faz um pocket show com sessão de autógrafos para o lançamento do álbum. Não percam!

Saudações musicais!

Anúncios