Foto da capa: Luiz Carlos Felizardo
Foto da capa: Luiz Carlos Felizardo

Em fevereiro escrevi algumas palavras sobre o excelente e premiado álbum de estréia  do violonista Rodrigo Nassif. Agora, sete meses depois, um dos destaques da atual cena da música instrumental gaúcha apresenta seu segundo disco, com show de lançamento marcado para esta quarta-feira (22/09), no Café da Oca (João Telles, 512, a partir das 21h e 30min), com entrada franca!

Intitulado Fronteira, este segundo trabalho autoral de Rodrigo já demonstra ser pelo menos tão qualificado como o anterior, como podemos inferir a partir de 4 músicas disponibilizadas pelo artista no seu MySpace: Blimundiando, Fronteira, Tio Pepepo e Todas as coisas não ditas aquela noite.

As composições instrumentais de Nassif, que possuem forte influência da sonoridade platina (não é à toa o nome do álbum), transportam o ouvinte para um universo de riqueza melódica inconfundível. Pode até ser apenas impressão minha, mas a musicalidade do violonista me parece atender àqueles fundamentos da Milonga de sete cidades (de Vitor Ramil): rigor, profundidade, clareza, concisão, pureza, leveza e, também em alguns casos, melancolia. Só que tudo isso soa com uma originalidade e uma autenticidade inéditas. Porém, antes de tudo isso, há uma outra grande motivação para os leitores conhecerem as músicas deste artista: é muito bom ouvir Rodrigo Nassif!

Então está feito o convite, apareçam lá no Café da Oca na quarta ou no Sesc em Passo Fundo, dia 24/09. Para quem ainda quer conferir um pouco antes do show, é só dar o play no vídeo abaixo.

Saudações musicais!

Anúncios