Muitas vezes escuto um disco pela primeira vez ocupando-me com outros afazeres, à espera de que minha concentração seja roubada por algum acorde, ou verso, ou atmosfera sonora que desperte minha atenção. As outras audições, focadas na letra e nos arranjos são fundamentais obviamente, mas esse primeiro contato mais aleatório e despretensioso do início há tempos é indispensável para configurar minha sensibilidade de ouvinte.

E foi durante esse tipo de audição que as 12 canções do segundo álbum do cantor e compositor Bruno Batista me desconcentraram repetida e exaustivamente, seja pela leveza e lirismo de algumas músicas ou a criatividade e empolgação de outras.

Créditos: Alessandra Fratus

Nas canções de Eu não sei sofrer em inglês (2011), produzido por Guilherme Kastrup e Chico Salem, ouvimos uma diversidade estimulante de influências que se originam na música brasileira em geral e transitam pelo pop e  pelo rock com naturalidade. O mais significativo é que toda essa diversidade soa de forma muito coesa e agradável, sem parecer artificial ou arbitrária. Ou seja, é um som multifacetado que se apresenta espontâneo e estimulante.

Diversos também são os temas das composições, que desfilam por referências pop, como Quentin Tarantino e pelo romantismo correspondido ou frustrado que tanto envolve nosso cotidiano. Assim, entre riqueza poética e sonoridade cativante, Bruno Batista costurou um belíssimo trabalho.

Nessa empreitada artística ainda comparecem um excelente time de instrumentistas (Gustavo Ruiz, Estevan Sinkovitz, Márcio Arantes e Marcelo Jeneci) e de participações especiais (Zeca Baleiro, Rubi, Tulipa Ruiz e Juliana Kehl) que enriqueceram muito os arranjos e os matizes sonoros das canções.

Para a degustação musical necessária, posto abaixo as músicas Vaidade (com a  participação especial de Rubi) e Hilda Regina. A primeira responde liricamente a um dos devaneios mais característicos da paixão (“e se um dia você me deixar?”) e a segunda é uma cativante história de “aventura multicultural”. Para conhecerem outras canções acessem o perfil do artista no SoundCloud.

Saudações musicais!

Anúncios