O álbum de estreia da cantautora argentina Lorena Rizzo, Torpes bondades, é uma dica fundamental para quem aprecia degustar músicas e letras inclassificáveis e surpreendentes, duas características que perpassam as 11 canções do disco lançado pela Acqua Records.

LR

As composições do repertório, todas da própria Lorena, possuem uma fina ironia e um lirismo cortante sobre a vida e o mundo e que se metamorfoseiam durante as diferentes audições que vamos fazendo, às vezes parecendo belos poemas musicados, em outros momentos pequenos contos imaginativamente estimulantes e, além disso tudo, quadros impressionistas de beleza incomparável.

A força das canções parecem encontrar seus fundamentos em pelo menos três aspectos presentes no conjunto da obra: as sutilezas das letras que apresentam uma narração muito próxima de um “fluxo de consciência”, a dramatização sempre imprevisível e sofisticada de Lorena e, estreitamente relacionada a esta característica, os arranjos instrumentais que alternam laivos frenéticos, límpidos dedilhados e belíssimas combinações de piano, voz e violão.

No final da postagem, vocês podem escutar o incrível tema Mi tiempo, que conta com a participação de dois integrantes do 34 Puñaladas,  Edgardo González (coprodutor do disco) na guitarra e Alejandro Guyot no vocal. Para mais informações sobre o disco e a artista, basta clicar AQUI.

Saudações musicais!

MT

Anúncios