Certa vez, atribuíram a Arthur Rimbaud uma definição que afirmava ser a poesia uma combinação rara de palavras. Uma definição bastante sugestiva e da qual me lembrei logo que li o título do EP Drama-Flor, do cantor e compositor Daniel Debiagi. O neologismo que tem status de verbete na proposta artística de Daniel estabelece que a combinação hifenizada de “drama” com “flor” significa um “drama com ação exagerada por algo ou alguém que se tem apreço” ou mesmo um “dramalhão invocando afeto”.

Essa combinação rara de palavras, no entanto, não é apenas uma nomenclatura para a faixa-título e para o conjunto de seis canções do repertório do EP, mas uma forma peculiar do cantautor se apropriar da tradição do “drama-canção”, tão forte em tendências como o samba, o tango e o blues, que aparecem com destaque entre as músicas de Daniel. Mas, ao mesmo tempo, o artista também se apropria dos seus dramas subjetivos, transformando-os em flores dramáticas multicoloridas e melodicamente inspiradoras, como se esse complexo jardim autoral fosse não só um recurso artístico e de expressão, mas um “outro de si mesmo” que percorre diferentes caminhos afetivos.

clipe4
Créditos: Heinoê Mello

Entre composições próprias e parcerias com Maikel Rosa e Isabel Janostiac, Daniel consegue mostrar sua versatilidade como intérprete e dar novo fôlego à relação entre sentimentos e canção, banalizada por muitos, mas especialmente criativa e cheia de nuances com seu Drama-Flor. Escutar Daniel Debiagi é percorrer enfim sentimentos e pensamentos muitas vezes confinados em nossos corações, mas que com sua pena e com sua voz vêm ao mundo através de uma expressão artística marcada também por uma, atualmente, rara combinação de palavras: verdade, beleza e emoção. Confiram abaixo o videoclipe da canção De Canto, com a participação especial da atriz e bailarina Daniele Zill. E façam o download do EP AQUI.

Saudações musicais!

Ficha Técnica do Videoclipe:
Produção: 2L Produtora
Roteiro: Daniel Debiagi / Heinoê Mello
Direção/Fotografia: Heinoê Mello
Assistente de Fotografia: Alessandro Roos
Edição: Heinoê Mello
Participação especial da atriz e bailarina: Daniele Zill (Cia Del Puerto de Flamenco)
Filmado no Teatro Centro-Histórico Cultural Santa Casa e ruas de Porto Alegre em Dezembro de 2014.
Apoio: Palco Aberto Produtora e Cia Del Puerto de Flamenco.
Ficha Técnica do Áudio
Música: De Canto (Daniel Debiagi)
Voz: Daniel Debiagi
Violão aço e violão nylon: Angelo Primon
Percussão e efeitos: Fernando Sessé
Vocais: Marisa Rotenberg e Andréa Cavalheiro
Produção e arranjos: Marisa Rotenberg
Anúncios