Quando fui morar em Porto Alegre no ano de 2008, o meu principal objetivo “artístico-cultural” era assistir um show da Adriana Deffenti, especialmente do segundo disco da cantora, lançado dois anos antes e com a parceria insubstituível de Marcelo Corsetti e Angelo Primon.

ARV

Foi já em setembro daquele ano que tive a grata surpresa de conferir o show tão esperado no Colégio Marista Rosário, em uma feira do livro da escola que acertou em cheio ao acolher uma das melhores formações musicais de Porto Alegre neste século na sua programação. Infelizmente, no entanto, aquela parece ter sido a última apresentação do trio naqueles moldes do disco homônimo de Adriana, sendo que nos anos seguintes acabei perseguindo os passos dos outros (e excelentes) projetos artísticos dos músicos que antes formavam a minha efêmera e quase onírica formação musical preferida.

Mas esse devaneio nostálgico que faço agora é para comemorar o retorno de Adriana, Corsetti e Primon aos palcos da capital gaúcha, em show imperdível que está marcado para quarta-feira, 15 de julho, às 20h, no novíssimo Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa. No repertório, prometem-se canções dos dois álbuns de Adriana, Peças de Pessoas e Adriana Deffenti, além de outras músicas incorporadas pela artista nos anos mais recentes de sua trajetória.

Entre elas, provavelmente, a preciosidade que vocês podem escutar abaixo: a música Tabú, composição do saudoso Gustavo Cerati (registrada em seu Bocanada, de 1999) e que nos transporta para uma atmosfera sonora que só Deffenti, Corsetti e Primon sabem construir. Desfrutem e compareçam a esse histórico reencontro artístico!

Saudações musicais!

Anúncios