Busca

Música Esparsa

Categoria

Comentário

AÍLA – EM CADA VERSO UM CONTRA-ATAQUE

Uma porrada atrás da outra forma o repertório de nove músicas do excelente Em cada verso um contra-ataque (2016), da cantora e compositora Aíla. Produzido por Lucas Santanna, o álbum é uma expressão impecável das potencialidades da música como vetor do artivismo. Continuar lendo “AÍLA – EM CADA VERSO UM CONTRA-ATAQUE”

Anúncios

OUÇA O VELHO ATRAVÉS DO NOVO: TRÊS DICAS FUNDAMENTAIS

Coluna Platinidades, por Chico Cougo

Quem gosta de música antiga (seja lá o que isso significa), sobretudo latino-americana, não pode deixar de ouvir os grupos que, por todo o continente, estão se especializando em releituras muy personalistas de clássicos e pérolas do cancioneiro da Pátria Grande. Continuar lendo “OUÇA O VELHO ATRAVÉS DO NOVO: TRÊS DICAS FUNDAMENTAIS”

ARTHUR NOGUEIRA – REI NINGUÉM

Acima de tudo, agora eu sou ninguém e, por isso mesmo,
sou o que eu quiser, possibilidade e mudança, imaginação e liberdade.

(Arthur Nogueira)

Um dos artistas que faço questão de acompanhar a trajetória e escrever sobre seus trabalhos é o cantor e compositor Arthur Nogueira, para mim um dos mais importantes da música popular brasileira contemporânea. Continuar lendo “ARTHUR NOGUEIRA – REI NINGUÉM”

JORGE DREXLER NA ÓPERA DE ARAME

el tiempo que todo lo cura
también todo lo derrite

O capítulo curitibano da turnê Salvavidas de Hielo, do cantautor uruguaio Jorge Drexler, começou ressoando o candombe Doña Soledad, de seu conterrâneo Alfredo Zitarroza. A partir daí, foram mais de duas horas de sonoridades diversas e magnificamente entrelaçadas, que passearam por diferentes ritmos e melodias: milonga, zamba, ranchera, rock, bossa nova, salsa, entre outras. Ou seja, tudo que a América Latina, desde suas raízes até os seus diferentes voos sonoros, proporciona de melhor. Continuar lendo “JORGE DREXLER NA ÓPERA DE ARAME”

VOCÊ JÁ OUVIU PLENA URUGUAIA?

Por Chico Cougo

Voltamos com a coluna Platinidades. E, com ela, um som para o verão. De tempos em tempos, a música latina ganha as paradas de sucesso do mundo, impulsionando consigo ritmos antes pouco difundidos. Em 2017, com Despacito (de Ramón Ayala, Luíz Rodríguez e Érika Ender, imortalizada na voz de Luis Fonsi), foi a vez do reggaeton fazer fama. Mas a imensidão de sons tropicais que habitam o continente é muito maior. Continuar lendo “VOCÊ JÁ OUVIU PLENA URUGUAIA?”

MÚSICA ESPARSA EM AÇÃO

Em 2017, enquanto o Música Esparsa vivia seu nono ano de vida, as ideias por trás do blog e da divulgação da música independente continuaram rendendo frutos além do mundo virtual. Continuar lendo “MÚSICA ESPARSA EM AÇÃO”

OH BLACKBAGUAL – CANÇÃO CONTAMINADA

Uma das principais parcerias da música brasileira contemporânea está de volta: Bebeto Alves (voz, guitarra e violões), Marcelo Corsetti (guitarras), Luke Faro (bateria) e Rodrigo Reinheimer (baixo e vocais) são os Blackbagual e lançam em 2018 o mais novo álbum do grupo: Canção Contaminada. Continuar lendo “OH BLACKBAGUAL – CANÇÃO CONTAMINADA”

FESTIVAL ÂNGELA FLACH – 2ª EDIÇÃO

Em 2017, como divulgamos aqui, aconteceu o excelente Festival Ângela Flach, capitaneado pelo Marcelo Corsetti na Tec Áudio e que, ao homenagear a grande produtora Ângela Flach, proporcionou ao público da capital gaúcha uma programação inédita e riquíssima de música popular instrumental. Continuar lendo “FESTIVAL ÂNGELA FLACH – 2ª EDIÇÃO”

RODRIGO NASSIF QUARTETO – RUPESTRE DO FUTURO

O mais recente lançamento do Rodrigo Nassif Quarteto, o álbum Rupestre do Futuro (2017), é um destacado exemplo de ousada expressividade artística e de fricção de musicalidades (expressão utilizada pelo pesquisador Acácio Piedade para caracterizar diversas expressões do jazz brasileiro). Continuar lendo “RODRIGO NASSIF QUARTETO – RUPESTRE DO FUTURO”

Acima ↑