Busca

Música Esparsa

Categoria

Uncategorized

1, 2, 3 #JAZZ

Um excelente projeto de circulação musical capitaneado pela 1, 2, 3 #Jazz & All That Music inicia em Santa Maria no início deste 2019 . Prometendo atuar em diversas frentes na promoção de apresentações e atividades baseadas no espírito livre e criativo do Jazz, a iniciativa já começa agregando artistas diversos e qualificados no dia 29 de janeiro, em uma Big Jam, com entrada franca, no Plataforma 85 Pub.

Continuar lendo “1, 2, 3 #JAZZ”

PATRICIA SOUZA – ENTRE

Foi do manancial de versatilidade e hibridismo que caracteriza a canção brasileira – e que a tornou uma das principais manifestações artísticas da cultura popular mundial – que a cantora Patricia Souza retirou sua inspiração para o excelente disco Entre (2017), uma joia da discografia contemporânea que aborda de maneira criativa e bem lapidada um dos principais aspectos da riqueza cancioneira nacional: a intertextualidade. Continuar lendo “PATRICIA SOUZA – ENTRE”

METABLOG COM JOÃO VICENTE RIBAS

Entre irmãos de arte, geografia
à parte, não há contrabando“.

Luiz Sérgio Metz

E chegamos à segunda entrevista da seção MetaBlog, dedicada a divulgar as ideias e as iniciativas de diversos blogueiros do Brasil dos quais sou leitor frequente e que há muito tempo penso em trazer para os leitores deste blog também apreciarem. Continuar lendo “METABLOG COM JOÃO VICENTE RIBAS”

MÚSICA MENOR – ARTHUR DE FARIA E OMAR GIAMMARCO

Acompanho a trajetória musical do Arthur de Faria e do Omar Giammarco há vários anos. O Arthur, inclusive, através de suas dicas e parcerias, levou-me a descobrir diversos projetos e artistas pelos quais tenho imenso apreço, como Surdomundo Imposible Orchestra, Thiago Pethit, La Chicana, Alessandra Leão, Caçapa, entre outros.

Continuar lendo “MÚSICA MENOR – ARTHUR DE FARIA E OMAR GIAMMARCO”

PAMPEANO DISCO SONORO

Ano passado, escrevi sobre o álbum de estreia do músico Giancarlo Borba, o ótimo “Milongador”, que vocês podem conferir AQUI. Desde então, o músico vem divulgando não só as etapas de gravação do seu próximo disco, mas também o processo de confecção de um interessante instrumento, o Pampeano Disco Sonoro.

Essa novidade no mundo da percussão é o primeiro instrumento fabricado no Sul do Brasil que tem referência no Hang, projetado no ano de 2000 por Felix Rohner e Sabina Schärer, desde Berna, na Suíça. Em 2007, os dois hangmakers publicaram um paper intitulado History, development and tuning of the Hang, no qual explicaram como se deu o processo de criação e desenvolvimento do instrumento, que combinou conhecimentos artísticos e científicos na sua elaboração.

Abaixo vocês podem conferir um comentário de Giancarlo sobre o instrumento, bem como um vídeo do músico utilizando o Pampeano. Para mais informações e para adquirir o instrumento, acessem o site AQUI.

Saudações musicais!

Pampeano

Pampeano

Depois de vários anos de testes e experimentos, surge o “Pampeano Disco Sonoro”, o primeiro instrumento da família do Hang e Hand Pans construído no Sul do Brasil.

O Pampeano é o resultado do trabalho e pesquisa do Arteducador Popular, músico e artesão Giancarlo Borba, totalmente feito a mão a partir de duas chapas de aço marteladas e moldadas que possuem uma nota central e sete ou oito notas ao seu redor.

Esse instrumento pode ser tocado por qualquer pessoa, tanto por músicos profissionais, quanto para fins terapêuticos, de meditação e relaxamento. Nele todas as notas combinam, ficando muito fácil de criar belas melodias, mesmo não tendo nenhum conhecimento musical.

As escalas e afinações são variadas e afinadas de forma que cada instrumento seja único. Mesmo que tenham outros com mesma escala, por se tratar de algo artesanal, nunca soarão igual um ao outro.

O Pampeano por sua vez possui suas próprias características sonoras e estéticas não querendo de forma alguma ser comparado a outros instrumentos da mesma classe.

Não somos uma empresa ou fábrica, o trabalho é caseiro e totalmente artesanal. Todos os nossos instrumentos são feitos um a um, manualmente e recebem tratamento térmico e produtos específicos que endurecem o aço tornando-o mais resistente e sonoro e também evitando a ferrugem (tratamentos descobertos através de anos de pesquisa e que respeitam as patentes existentes).

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: contato@pampeanodiscosonoro.com.br

Eric Clapton – O presente

Someone like you
Could make me change my ways

Antes de mais nada, coloque a música do vídeo para tocar. Pronto, agora pode ler o texto…

Sensibilidade, criatividade e generosidade: três palavras que ontem ganharam uma dimensão única e inesquecível na minha vida. Três palavras que atualmente podem ser consideradas esquecidas por muitas pessoas, mas que se mostraram vivas e belas como nunca no gesto impressionante de carinho que meus alunos me dedicaram nesta quinta pela manhã.

Toda a emoção e a sinergia que rolaram naquele momento foram como uma síntese dos inúmeros momentos de parceria, aprendizagem, amizade e de especial convivência que compartilho com meus alunos do Borges desde agosto do ano passado. O melhor de tudo é saber que o imenso prazer que sinto em conviver com eles parece ser também o que eles sentem cada vez que nos cruzamos pelos corredores, pelas ruas ou mesmo quando fazemos da hermética sala de aula um lugar de agradável interação e que pode ser motivo de ótimas recordações.

Aliás, nisso meus alunos foram mestres: criaram uma situação fabulosa para ser lembrada, revivida, recordada com emoção e, além disso, presentearam-me com mais uma oportunidade de mobilizar tudo isso: um ingresso de camarote para o show do Eric Clapton em Porto Alegre no dia 6 de outubro. Quando estiver lá curtindo o show lembrarei de cada abraço caloroso, de cada rosto sorridente e dos olhos marejados que me receberam ontem de forma inesquecível.

Meus queridos alunos, MUITO OBRIGADO por existirem e fazerem de mim o professor mais feliz desse mundo, por ter os melhores alunos do mundo!

Saudações musicais!

SEMPRETANGO 6: VIRGINIA LUQUE

Em tempos de Soledad Villamil (que encanta seus fãs tanto no cinema quanto nos seus discos de tango), é importante lembrar que a dupla jornada de atriz e cantora já teve outras grandes e maravilhosas representantes na Argentina.

Um ótimo exemplo é Virginia Luque, nascida Violeta Mabel Domínguez em 1927. Principalmente nas décadas de 1940 e 1950, Virginia atuou em diversos filmes que tematizaram o universo tanguero, como La historia del tango (Manuel Romero, 1949) e Del cuplé al tango (Julio Saraceni, 1958), sendo que uma das suas mais recentes aparições está no dvd do cultuado Café de los Maestros (2008).

Virginia, que foi incentivada a cantar tangos pelo grande Francisco Canaro, gravou belíssimos álbuns interpretando temas de Carlos Gardel e Enrique Discépolo. Deste último, vocês podem conferir no vídeo abaixo a formidável interpretação da cantora para Desencanto.

Saudações musicais!

REALIDADE PARALELA CONVIDA NEI LISBOA

COLAGEM

Um poema e uma música. Ou será o contrário?

A Música

A música p’ra mim tem seduções de oceano!
Quantas vezes procuro navegar,
Sobre um dorso brumoso, a vela a todo o pano,
Minha pálida estrela a demandar!

O peito saliente, os pulmões distendidos
Como o rijo velame d’um navio,
Intento desvendar os reinos escondidos
Sob o manto da noite escuro e frio;

Sinto vibrar em mim todas as comoções
D’um navio que sulca o vasto mar;
Chuvas temporais, ciclones, convulsões

Conseguem a minh’alma acalentar.
— Mas quando reina a paz, quando a bonança impera,
Que desespero horrivel me exaspera!

Charles Baudelaire
Tradução de Delfim Guimarães

Acima ↑